O usa da bicicleta tem sido cada vez mais constante. Muitas pessoas trocaram os motores dos carros e das motos pelo uso das pernas nas bicicletas e decidiram optar por mais exercícios e mais qualidade de vida. O mercado de bicicletas cresceu e se expandiu de maneira considerável que muitos investidores resolveram apostar e até trocar de ramo para garantir lucros mais razoáveis futuros.

Apesar de todo este perfil positivo, a bicicleta sendo uma das grandes paixões mundiais, além de super popular, algumas pesquisas desenvolvidas por pesquisadores americanos na Universidade de Harvard apontam que a queda dos ciclistas ou o choque com carros foram os acidentes que mais levaram a ocorrências de lesões na medula espinhal.

App de mobilidade urbana oferece aluguel gratuito de bicicletas na Pampulha | Notícias Sou BH

Lesões na coluna espinhal são coisas muito sérias pois ela está localizada dentro da espinha vertebral e tem a função de levar ao resto do corpo as informações enviadas pelo cérebro. Ela funciona como um fio de condução de energia que não pode ser danificado, pois uma vez corrompido não funcionará mais.

Apesar da pesquisa ter sido feita pelos americanos, no Brasil o cenário não é muito diferente e o número de acidentes envolvendo ciclistas aumentou em 30% neste ano de 2021. A maioria dos acidentes envolveu homens de 20 a 59 anos. A orientação é que na prática da pedalada seja feito uso dos equipamentos de segurança e proteção a fim de evitar machucados mais sérios caso ocorra um acidente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui